20% das crianças brasileiras aprenderam a usar o computador sozinhas

ilustracao-meninos-TIC-copyright-TelasAmigas

Pesquisa revela que 51% das crianças entre cinco a nove anos em todo o território brasileiro já usaram um computador, mas somente 27% delas declararam terem acessado a internet. O estudo foi realizado pelo Cetic.br (Centro de estudos sobre as Tecnologias de Informação e da Comunicação) e divulgado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil.

O estudo também mostrou que 20% das crianças aprenderam a usar o computador sozinhas.

Fonte: CGI-CETIC.

Burlar um cadastro para criar um perfil dum menor numa rede social pode ser um crime, explica advogado

cybercrime-624824_45008466-sxc-hu-by-ZoofyTheJi-w300

“A navegação na Internet, feita por menores não apresentaria nenhum impedimento legal, se ela se restringisse apenas aos sites abertos ao público de forma geral. No momento em que um menor de idade, ou um dos pais, burla um sistema de cadastro para realizar a criação de um perfil em uma rede social, sem saber acabam cometendo crime de Falsidade Ideológica, previsto no artigo 299 do Código Penal, com pena de reclusão que varia de um a três anos, além de multa, quando o documento é de origem particular, o que é o caso dos cadastros.

Apesar de ser infração, dificilmente o pai ou responsável será preso. O que vai acontecer, de fato, é o Judiciário, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente, entrar com algum tipo de ação repreensiva ou penas alternativas aos pais, se for constatado o uso inadequado por menores à redes sociais”, explica o advogado Diogo da Rocha Lima. As penas substitutas aos responsáveis podem variar de trabalho voluntário até a compra de cestas básicas à instituições de caridade. Já os menores passarão a ter acompanhamento especializado de psicólogos e assistentes sociais.

Fonte: D24AM

Notícias relacionadas

Cyberbullying paga-se: Criadores de “rodeio das gordas” terão que pagar indenização

rodeio-de-gordas_02

As Promotorias de Justiça de Direitos Humanos de Araraquara e Assis, interior de São Paulo, assinaram um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) com dois rapazes que criaram em um site de relacionamento Orkut uma página intitulada “Rodeio das gordas”. A conduta dos participantes da brincadeira expôs inúmeras alunas, que foram vítimas por não possuírem um padrão estético considerado ideal por alguns universitários.

Fonte: BLOG DO MARCELO

Sexting: mais de 25 mil usuários assitiram na Twitcam a jogos sexuais de casal adolescente

toddy-sexo-e-restart-375x218

Por volta da meia noite de 24 de julho, um adolescente de 16 anos e sua namorada de 14, começaram a praticar a nova moda do Sexting na Twitcam – TV ao vivo do Twitter. Por alguns minutos, mais de 25 mil usuários do microblog puderam assistir à garota ser molestada de forma consensual.

Enquanto se anunciava que a polícia ia investigar o adolescente, ele criou outra conta no twitter com acréscimo de uma letra e abriu novamente sua twitcam. A garota respondia algumas perguntas da legião dos adolescentes que correram para a Twitcam da nova conta do adolescente, transformado em mito da noite para o dia. Na rede é assim, num clique se apaga uma conta e num outro se cria uma nova.

Fonte: GLOBAL VOICES

Adolescentes exibem vídeos de sexo na Internet

810px-São_Carlos_-_Downtown_by_Night

Adolescentes fazem sexo livremente e exibem vídeos na internet como troféus. Adolescentes fazem vídeo pornográfico em escola do interior de São Paulo. Gravação foi feita dentro da sala de aula e se espalhou. Um adolescente de 15 e uma menina de 14 anos gravaram cenas de sexo, uniformizados, dentro da sala de aula de uma escola pública na cidade de São Carlos, interior de São Paulo com um celular. As imagens se espalharam pela cidade e causaram polêmica. Os dois foram expulsos por conduta inadequada. Os diretores da escola foram proibidos pela Secretaria Estadual de Educação de falar com a reportagem. O menino que gravou as cenas, disse que as imagens foram feitas de comum acordo com a garota no fim do ano passado e que eles só conseguiram fazer isto porque os professores não vão à escola a partir de dezembro, antes do final do ano letivo. Casos parecidos que envolvem adolescentes já aconteceram em outras cidades do país.

Fonte: ROUTENEWS.

Você tem vida privada de verdade nas redes sociais?

loss-of-privacy-due-to-others-friendlyscreens-cartoon-capture2

Esta animação tem como objetivo sensibilizar sobre os riscos da perda de privacidade devido ao descuido dos amigos na Internet, isto é, que perda da privacidade que deriva do que outros fazem com a imagen ou dados pessoais de você. Este é um problema que vem crescendo nas redes sociais na internet. “O que as outras pessoas sabem de você não só depende de você”.