Jovem é ameaçada de morte por fãs fanáticas por Justin Bieber

Justin Tweet

O fanatismo pelo cantor Justin Bieber está ultrapassando os limites. Prova disso é o caso que aconteceu com Courtney Barrasford, uma jovem de 15 anos, que foi ameaçada de morte por alguns de seus fãs.

Tudo começou quando Courtney enviou um tweet a Justin dizendo que não era fã do astro, porém que seu último álbum estava muito bom. Com isso ela conseguiu com que o cantor retuitasse sua postagem.

Tal fato gerou a revolta de muitos dos mais de 34 milhões de seguidores do Bieber no Twitter.
Fanáticos seguidores começaram a mandar mensagens de ameaças a Courtney, dizendo que estão há anos tentando chamar atenção do cantor e não conseguem.

“Eu sou um Belieber dele desde 2009 e ele não me nota. E você não é nem mesmo uma fã”. Outra mensagem dirigida ao Bieber dizia: “Você notou ela mesmo não sendo uma fã. Eu sou seu fã, mas você não vai me notar. Alguém pode me ouvir chorar?”, escreveu.

Quando perguntada sobre o teor das mensagens, Courtney Barrasford que no começo não se importou muito com os comentários, mas depois se sentiu mal com frases maldosas.

“Não foi muito ruim no começo. Algumas pessoas estavam dizendo que eu tive sorte porque ele respondeu minha mensagem e alguns estavam com ciúmes. Mas começou a piorar quando mais pessoas descobriram. Eu recebi coisas como “você não é fã, vai se matar”. Estava ficando completamente fora de mão”, desabafou.

Um centro britânico dedicado a proteger a criança na intenet, o CEOP, está encarregado de investigar o caso.


Video: Netiqueta para redes sociais

Fonte: UOL

Justin Bieber grava vídeo sobre assédio na Web (cyberbullying)

justin-bieber-antibullying-video-capture-frag

O cantor Justin Bieber gravou um vídeo contra o assédio na Internet, como parte da sentença judicial contra seu empresário e um produtor. Os dois foram presos após desobedecerem as ordens da políciapara cancelarem uma sessão de autógrafos com Bieber em uma loja de roupas, pois três horas antes do início já havia mais de 3 mil fãs aglomerados.

No vídeo Justin Bieber fala com os estudantes de uma escola de Long Island sobre suas experiências com assédio na Internet.

Um promotor também oferece definições de assédio online, sexting e outras ofensas na Rede, e adverte os adolescentes que eles podem enfrentar julgamentos se forem pegos cometendo esses delitos.

“A Internet deve ser usada para inspirar os outros, não para propagar ódio e dor”, diz o cantor em sua mensagem final.

Captura do vídeo de Justin Bieber contra o cyberassédio

Fonte: ofuxico