Mãe nos EUA é presa por atacar um adolescente que fazia cyberbullying no Facebook contra sua filha

Irritada com os comentários maldosos publicados sobre a filha dela no Facebook, uma mãe teria tentado asfixiar um adolescente de 14 anos, acusado de cometer o cyberbullying. A mulher foi presa pela polícia da Flórida (EUA).

Segundo informa o Huffington Post Debbie Piscitella, 46, e a filha dela, uma adolescente de 14 anos, estavam no shopping na última segunda (28) quando encontraram o colega de escola da garota no local. A filha comentou com a mãe que era aquele o rapaz da escola que praticava ciberbullying contra ela no Facebook.

Na rede social, Debbie tentou se defender. Segundo ela, que admitiu ter errado, o rapaz atormentava sua filha na escola, dizendo que ninguém poderia ter noção do quanto a adolescente sofreu, e que seu marido já havia abordado o garoto para reclamar do bullying.

Debbie enfrenta uma acusação de abuso infantil e foi solta sob fiança de US$ 5 mil.

Fonte: Bem Paraná

Cyberbullying paga-se: Criadores de “rodeio das gordas” terão que pagar indenização

As Promotorias de Justiça de Direitos Humanos de Araraquara e Assis, interior de São Paulo, assinaram um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) com dois rapazes que criaram em um site de relacionamento Orkut uma página intitulada “Rodeio das gordas”. A conduta dos participantes da brincadeira expôs inúmeras alunas, que foram vítimas por não possuírem um padrão estético considerado ideal por alguns universitários.

Fonte: BLOG DO MARCELO